Alimentos funcionais para receitas prazerosas e saudáveis

0

Seu cardápio anda sem graça, sem sabor e os itens parecem serem sempre os mesmo em nome da boa forma ou do desejo infindo de emagrecer? Pois se você vive nesta ditadura é hora de rever conceitos.  Rodrigo Polesso, especialista em Nutrição Otimizada para Saúde e Bem-Estar pela Universidade Estadual de San Diego, Califórnia, e criador do programa online de emagrecimento Cógico de Emagrecer de Vez, explica que existem muitos alimentos que ajudam a emagrecer e dá a primeira dica: não passar fome. “O primeiro grande mito sobre o emagrecimento está no conceito de que é preciso comer pouco e contar calorias, e isso é uma grande mentira. Quando você prioriza qualidade dos alimentos que consome, seu corpo automaticamente regulara a quantidade necessária para você se sentir saciado”, explica.

balance

A ideia de associar dieta com passar fome não gera equilbrio alimentar

Antes de destacar os cinco alimentos que ajudam a emagrecer e que para muitos são considerados vilões, Polesso explica que o que pouco se fala sobre emagrecer é que o correto é buscar alimentos capazes de regularizar o funcionamento metabólico e hormonal do corpo de forma a fazer com que ele queime o excesso de gordura naturalmente. “O principal hormônio que precisa funcionar corretamente é a insulina, caso contrário irá continuar promovendo o armazenamento de gordura até mesmo quando comemos pouco”, explica. Por isso, Polesso conta que o foco deve estar na qualidade do que se come. “É importante evitar alimentos ricos em carboidratos refinados e industrializados, pois além de engordativos eles trazem vários riscos à saúde”.

queijos

Os queijos são bem-vindos na dieta saudável, basta saber escolher

1- Queijos – Diferente de muitos que transformam a gordura presente nos queijos em vilã, Polesso ensina que eles são alimentos nutritivos e podem ser aliados de uma dieta alimentar que visa a regularização do sistema hormonal do corpo. “Assim como os outros laticínios, é importante estar atento para as versões industrializadas, por isso opte pelos queijos não processados”, indica o especialista. Enquanto sugere que se dê preferência ao queijo integral e o mais natural possível, Polesso lembra que eles são bem-vindos apenas às pessoas que processam bem a lactose.

cogumelos

Cogumelos

 2-Frutos do mar – Longe da alimentação rotineira da maioria das  pessoas, a variedade  de frutos do mar disponíveis são muito bem-vindos à  dieta de quem busca perder peso.  “Além de serem ricos em proteínas e  gorduras de alta qualidade, eles contêm grande  quantidade de ômega 3, que  também auxilia no fortalecimento da saúde geral”, conta.  Mariscos,  camarão, merluza, polvo e ostra são parte da lista que pode estar mais  presente  no cardápio. “Procure adquirir sempre os produtos mais frescos e  evite as versões  industrializadas deles, como os enlatados”, alerta.
 3-Cogumelos – Todos os cogumelos comestíveis, como Shimeji, Shiitake,  champignon,  entre outros, fazem parte dos alimentos aceleradores, ou seja,  que promovem a  modificação metabólica do corpo e regulam a produção de   insulina. “Eles são ricos em muitos nutrientes, incluindo o potássio, que colabora contra a retenção de líquido”, explica o especialista. Segundo Polesso, é importante priorizar os cogumelos frescos aos enlatados ou em conserva, que geralmente são naturalmente livres de pesticidas e agrotóxicos.

Chocolate Heap

Para participar da dieta, chocolate tem de ter 85% de cacau

4-Chocolate
O chocolate pode ser um ótimo aliado da dieta, desde que seja bem diferente das guloseimas repletas de açúcar e aditivos. “O cacau integral e sua manteiga é um alimento muito nutritivo, por isso as barras de chocolate com pelo menos 85% deste ingrediente são excelentes opções”, sugere o especialista. Polesso destaca que isso pode ajudar a saciar a vontade de comer doces.

bacon

Sendo de boa qualidade, o bacon é fonte de boa gordura

5-Bacon
Por último, Polesso destaca um alimento que assusta muitas pessoas: o bacon. “Ele é mal visto por muita gente, mas na verdade é uma fonte de gorduras de qualidade.”, afirma. O especialista conta que metade da gordura presente no bacon é monoinsaturada, vista universalmente como uma gordura de boa qualidade. No entanto, o especialista alerta que há opções de bacon com nitritos e outros ingredientes acrescentado à carne. “Procure utilizar as marcas que curam o bacon da forma mais natural possível”.

Compartilhe.

About Author

Deixe um Comentário