Dia Internacional da Cerveja: artesanais ou especiais estão em bons endereços da cidade

0

Hoje o Brasil tem mais de um motivo para comemoração internacional. Além da abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que reunirá 206 países em torno das disputas de 42 esportes, nesta data comemora-se o Dia Internacional da Cerveja, celebrado toda primeira sexta-feira de agosto. A bebida apreciada em todo o mundo é uma das paixões brasileiras. Ao longo da última década, esta velha companheira para as horas de comemorações e muito consumida no verão, ganhou versões inusitadas que caíram no gosto do consumidor nacional.

863

Mais de 190 rótulos no Taberna 863

 

As cervejas especiais e as artesanais formam um mercado crescente mesmo diante das  oscilações do dólar. Isto porque, elas despertaram o paladar do brasileiro para um varietal  de blends fora do circuito das chamadas cervejas comerciais, aquelas comuns nas gôndolas  dos hipermercados. O desenvolvimento deste mercado foi tamanho, que provocou a  criatividade gastronômica para elaboração de pratos que se harmonizem com a variedade  de sabores que as cervejas artesanais e especiais oferecem. Trata-se de um mercado  sofisticado, de gosto requintado e que pede fôlego financeiro por parte dos apreciadores,  já que os preços, assim como os sabores, são bem superiores aos do mercado da cerveja  comum.Em São Caetano do Sul, o crescimento do consumo das cervejas especiais e  artesanais fez surgir bares especializados em rótulos diferenciados. O Taberna 863, na  Rua Rio Grande do Sul, pegou carona nesta nova onda cervejeira e está às vésperas de completar um ano, oferecendo mais de 190 rótulos de cervejas de várias partes do mundo. Já o Empório Munich, no bairro Santa Paula, trabalha com chopp e cerveja artesanais Bamberg. O Goodfellas Bar, na Rua Goitacazes, também faz parte da confraria das cervejas especiais. Todos os bares oferecem petistos para acompanhar as geladas.

bamberg

Cerveja artesanal da Bamberg na Munich

Harmonização – E como cervejas especial ou artesanal são assunto sério, o acompanhamento tem de ser pensado com o mesmo nível de qualidade. Quem curte ensaios gastronômicos, ainda que de fim de semana para os amigos, pode investir em conhecimento de harmonização pelo curso on-line completo e gratuito de harmonização de cerveja com carne bovina, da Academia Friboi. São 5 aulas comandadas pela especialista e sommelière de cerveja Kathia Zanatta, que dá dicas valiosas para a escolha da bebida perfeita para acompanhar cada receita. Apresenta também os copos adequados para servir cada uma delas.

CARNE

A sofisticação da harmonização de pratos agora é tema para cervejeiros

 Confira algumas dicas:

1 – Intensidade de forças: a cerveja não pode se sobrepor ao prato e o prato não pode se sobrepor a cerveja.
2- Semelhanças: busque semelhanças aromáticas, gostos básicos parecidos, tanto no prato quanto na cerveja.
3- Contraste: as características do alimento, por exemplo, a gordura, deve ser contrastada por pontos da cerveja. Quanto mais gorduroso é o prato, mais alcoólica deve ser a cerveja.
4- Complementação: faça com que alguma característica da cerveja pareça algum ingrediente a mais dentro do prato

 

Compartilhe.

About Author

Deixe um Comentário