Fundação das Artes distribui ingressos para as comemorações dos 50 anos

0

Em comemoração aos 50 anos da Fundação das Artes, a prefeitura de São Caetano do Sul distribuirá, nesta segunda-feira, 23, na própria instituição, ingressos para a apresentação de Concerto com participação especial do cantor João Bosco, na Sala São Paulo, na quarta-feira, 25 de abril, a partir das 19h. Serão entregues dois ingressos por pessoa. Capacidade máxima de mil lugares.

Crianças, jovens e músicos profissionais consagrados, dividindo as mesmas partituras e ocuparão o nobre espaço da Sala São Paulo em um grande concerto. É desta forma que a Fundação das Artes de São Caetano do Sul (FASCS) – uma das escolas mais importantes de formação artística do Brasil – referencia a sua Camerata de Cordas (grupo formado por crianças e jovens estudantes) durante os festejos de 50 anos da FASCS.

Entidade atende a 1,5 mil alunos e aos 50 anos figura como patrimônio cultural do ABC

A Fundação das Artes aproveitou este momento histórico em que completa meio século de vida para proporcionar aos jovens instrumentistas uma vivência pedagógica muito especial: a participação em um grande concerto.
Acompanhados de seus professores, outros estudantes e até ex-alunos da instituição, as crianças e jovens levarão para o palco a experiência que adquiriram durante a passagem pelos diferentes níveis de Cameratas de Cordas, que a FASCS peculiarmente propicia.
As crianças e jovens da Camerata de Cordas se juntarão aos músicos convidados da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), Orquestra Sinfônica Jovem (sob a regência do Maestro Geraldo Olivieri), à Big Band (sob a regência de Ogair Junior), Coros da Fundação das Artes (formado por estudantes e pessoas da comunidade) e participação especial do cantor João Bosco. Durante a apresentação a orquestra executará a música “Partimos para o Mato Grosso”. A música de Zeferino Hourcardes, que tem arranjo de Pixinguinha, terá Adaptação Sinfônica de Geraldo Olivieri e contará com uma intervenção de uma dupla de palhaços da Trupe Dunavô, importante grupo na cena do teatro infantil atual. Um grande encontro de gerações reunindo alunos, formandos, professores, pessoas do bairro, jovens, crianças e músicos profissionais. Além dos 150 músicos no palco do evento, acontecerão apresentações de ballet clássico, dança contemporânea e intervenções teatrais, tornando o momento ainda mais poético.
A Camerata de Cordas é um grupo que faz parte da grade curricular da Escola de Música da Fundação das Artes, que desde 1968 é referência nacional no ensino de música, oferecendo cursos de alta qualidade, ministrados por artistas estudiosos da área.
Passando por diferentes níveis, através da execução de um repertório específico e adequado ao desenvolvimento técnico e artístico dos jovens instrumentistas, a FASCS procura dar condições para que eles tenham uma vivência profunda dentro de um ambiente que se iguala ao de uma orquestra, sentindo-se preparados a se inserir neste contexto após o período de formação na Escola de Música.
Sob a orientação de Alexandre Scoss Nicolai e Dorotheia Gruber Chinaglia, a Camerata de Cordas da FASCS vêm mantendo a tradição nestes 50 anos, com professores que se tornaram grandes musicistas e que transmitem seus conhecimentos para as gerações seguintes.
Um exemplo disso é a professora Dorotheia, que foi aluna de Marília Pini (ex-professora da Fundação das Artes que atuou como violinista nas principais orquestras de São Paulo) e que hoje, além de reger a Camerata de Cordas da FASCS, também é integrante da Orquestra Sinfônica de Santo André (OSSA)
Com meio século de história, a Fundação das Artes é reconhecida por ter contribuído com o percurso profissional de uma legião de artistas em formação que se tornaram expoentes em seus campos de atuação (Cássia Kiss, Marcos Frota, Fábio Assunção, Amílton Godoy, Nelson Aires, Daniel Melim, Roberto Sion e Adenílson Telles, ente outros tantos outros).
Atendendo atualmente cerca de 1500 alunos nas Escolas de Artes Visuais, Dança, Música e Teatro, e sempre fomentando a cultura em sua diversidade, é considerada um dos patrimônios culturais do ABC Paulista. Ao apresentar uma programação artística variada e de muita qualidade, sempre colaborou com o estímulo à formação de público, o pensamento crítico e a apreciação das diversas formas de arte produzidas pelos mestres e aprendizes. Celebrar os 50 anos da Fundação das Artes de São Caetano do Sul é celebrar a memória, a convivência coletiva e a construção de uma história que transpassa gerações, criando vínculos e inegavelmente contribuindo para a criação artística e fortalecimento da cultura popular brasileira.

Ingressos Gratuitos – os ingressos serão distribuídos no dia 23 de abril às 18h na Fundação das Artes – 2 ingressos por pessoa sujeito à capacidade do local. Endereço: Rua Visconde de Inhaúma, 730 – Osvaldo Cruz.

Compartilhe.

About Author

Deixe um Comentário