Gastronomia saudável é tema de curso em São Caetano do Sul

0
fernandaerika

Da esq. para a dir. Maria Fernanda e Érika: cardápio saudável

Alimentar-se, um dos atos mais simples do cotidiano humano,  tornou-se pauta de grandes discussões de diferentes correntes profissionais da saúde, incluindo os nutricionistas, que passaram a ter espaço de protagonistas na orientação de práticas mais saudáveis. O tema toma conta ainda de acalorados debates menos técnicos, realizados no ambiente familiar que, às vezes, sofre com o conflito de diferentes estilos alimentares num mesmo lar. Mas afinal, o que é uma alimentação correta? Para a nutricionista de São Caetano do Sul, Maria Fernanda Pelegrina de Souza, que acaba de lançar mão do curso Gastronomia Rápida e Saudável, comer precisa ficar longe de qualquer modelo de batalha contra a satisfação de saborear o que se deseja. “Estou iniciando um trabalho de quebra de paradigmas, sobretudo, quanto o que é ou não gostoso. Muitos alimentos ainda são preteridos do cardápio do dia a dia por pura falta de informação e criatividade de como prepará-los”, destaca Maria Fernanda.
O primeiro curso ministrado por Maria Fernanda com ajuda da também nutricionista Érika Pereira, aconteceu na tarde do dia 15 de outubro. O próximo já está agendado para 03 de dezembro e seguirá o mesmo conteúdo, com vagas limitadas a 10 participantes. A primeira lição que os participantes aprendem é que “comer saudável não é igual a fazer dieta ou ter restrição alimentar”. Segundo Maria Fernanda, mais do que ensinar receitas saudáveis, saborosas e de preparo muito rápido, o curso objetiva despertar para uma nova cultura nutricional, pela qual tudo é permitido dentro de critérios que, basicamente, devem atender as questões de saúde como prioridade.

grupo

Curso é ministrado a pequenos grupos para garantir qualidade da informação

Maria Fernanda aposta que a mudança começa pelo pensamento e por mais compreensão sobre o que é comer saudável, passando por uma ampla consciência corporal que vai muito além da ditadura estética, que acabou por imprimir um estado de tensão pré-alimentar no inconsciente coletivo. “As pessoas precisam voltar a comer sem culpa, o que não significa dizer que não deve haver atenção com a saúde em termos de ingestão de ingredientes que, sabidamente, comprometem o organismo a médio e longo prazo”, ensina Maria Fernanda. Segundo a profissional, os dois cursos que serão ministrados ainda em 2016 são apenas a ponta de um iceberg baseado em um movimento inédito para promover a alimentação saudável.

adesso

Alunos recebem apostila, receitas e até lista de compras para facilitar a rotina

“Ao unir o benefício da nutrição com o prazer da gastronomia, praticada sem mistério, tenho certeza ser possível provocar importante mudança no hábito alimentar das pessoas, pois não é possível passar uma vida inteira sob a privação do prazer de comer o que dá prazer”, afirma Maria Fernanda. O curso de Gastronomia Rápida e Saudável é ministrado no charmoso espaço Adesso Atelier Gastronômico, na Avenida Goiás, 180. Mais informações pelo mf-bp@hotmail.com

Compartilhe.

About Author

Deixe um Comentário