Modalidades olímpicas são opções de treino na Runner São Caetano

0

Daqui a uma semana, em 5 de agosto, serão os iniciados os Jogos Olímpicos Rio 2016. Serão 42 modalidades olímpicas em disputa e alguns destes esportes, há algum tempo, atraem apreciadores para dentro das academias de ginástica. Na Runner São Caetano, o boxe, o judô e a natação têm alunos cativos. A maioria deles, sem a qualquer pretensão de disputa por medalhas. Mas, para os pais que desejam incentivar a prática de esporte pelos filhos como opção profissional ou apenas de vida saudável, a presença destas modalidades olímpicas nas academias também pode ser um bom começo para testar as habilidades de crianças e adolescentes para um futuro de conquista do pódio olímpico.

Judo

No destaque, Danielli Yuri, de kimono branco, ensinando técnica e disciplina aos ‘atletas’ do futuro

À frente dos treinos na Runner São Caetano estão medalhistas destas modalidades. Danielli Yuri Barbosa, judoca por São Caetano, por exemplo, traz na bagagem experiências como participação nas olimpíadas de Pequim, em 2008, de onde não trouxe medalha, e o título de vice-campeã no Pan-americano Rio 2007. “Nasci em uma família de judocas e fui para o tatame desde os quatro anos e a primeira competição foi aos seis anos de idade”, conta Dani, como é conhecida. Segundo ressalta, o maior benefício do judô é, sem dúvida, a construção de cidadãos disciplinados e com valores firmes de respeito para as relações interpessoais. A Runner São Caetano não participa de competições, mas promove a ida dos alunos a festivais de judô que funcionam como treino para futuras competições. Para Dani, nesta olimpíada todas as judocas estão com chance de conquistar medalhas. Já para o masculino, sua maior aposta é para Rafael Buzacarini, convocada na última hora para os jogos. “Este chamado em cima da hora, pode dar um combustível a mais para ele vencer”, avalia Dani. O kimono, roupa típica para a prática do judô, custa, em média, R$ 150,00. A graduação se dá por cor de faixa.

Boxequipe

Cristiano, de camisa verde, treina homens e mulheres para a força e a raça  do boxe

Boxe – Já o boxe, embora remeta a uma prática de luta violenta, segundo o campeão paulista Cristiano Marques Xavier, responsável pelas aulas na Runner São Caetano, também tem como premissa a disciplina e desenvolve habilidades mental e motora e atitudes de garra e perseverança. Por apresentar transformações, relativamente, rápidas no corpo como alta queima calórica – cerca de 800 calorias por aula -, melhora do tônus muscular e da capacidade cardiovascular, o boxe também tem atraído as mulheres nos últimos anos como opção de atividade dentro das academias. Segundo Xavier, é possível ingressar no esporte a partir dos sete anos. O esporte anda meio sem um expoente no Brasil. O último nome que ajudou a popularizar o esporte foi Acelino Popó Freitas, o Popó. Para esta edição dos Jogos Olímpicos, Xavier aposta na boa performance do Peso Mosca, Patrick Teixeira. O kit completo para a prática do esporte inclui luvas, bandagem, protetor bucal custa em torno de R$ 180,00. A graduação varia entre Iniciante, Juvenil, Amador e Profissional.
Natação – Diferente das modalidades anteriores que podem atrair por modismo ou paixão, a natação, antes de tudo, é uma prática que implica na segurança do indivíduo sempre que estiver em contato com o meio aquático. Por isso, em geral, tudo começa nos primeiros anos de vida em aulas de iniciação e noções de sobrevivência.

Thiago

Thiago, treinador de natação da Runner, se prepara para o treino de 6 Km

 No caso do instrutor de natação da Runner  São Caetano,  Thiago Pereira da Silva, a  natação começou aos quatro anos  como  apoio a tratamento respiratório. Mas aos  sete anos  ingressou na primeira equipe de  treinamento e hoje, aos 29  anos, coleciona  mais de 100 medalhas, entre elas o terceiro  lugar da prova 14 Bis – travessia do mar  entre Santos e  Bertioga -, em 2015, quando  classificou com o tempo de  6h18. Silva  explica que, hoje em dia, um campeão de  natação  não pode restringir os treinos  apenas às piscinas. É preciso  condicionar a  parte muscular e trabalhar fortalecimento e  força em pontos específicos do corpo de  acordo com o tipo  de prova que de deseja  fazer. Para vencer a travessia da  prova 14  Bis, Silva treina seis dias por semana, entre  cinco e  seis Km.Na Runner São Caetano,  crianças a partir dos três  anos já podem  ingressar nas aulas de adaptação com a água.  Segunda Silva, a natação em academia é um bom começo  para testar a vocação de futuros atletas.  As categorias partem de Pré-mirim até Absoluto, categoria de olimpíada. Nestas olimpíadas, ele não está muito confiante quanto aos nossos atletas da natação. Porém, cita Ana Marcela Cunha para a prova de maratona aquática; Etiene Medeiros, para costas e, ‘com muita sorte’, Thiago Pereira, embora o treinador da Runner considere que ele terá de enfrentar competidores muito fortes. O kit básico para natação, incluindo touca, óculos e sunga ou maiô custa em torno de R$ 130,00.

Compartilhe.

About Author

Deixe um Comentário