Novos tratamentos amenizam papadas e rugas no pescoço

0

Além das rugas no rosto, a região que mais revela o envelhecimento e a flacidez da pele é o pescoço, muitas vezes deixado de lado na hora dos cuidados com a beleza. A tão temida “papada”, pode aparecer tanto em mulheres quanto em homens após os 30 anos de idade, quando geralmente cai a produção de colágeno do corpo e a pele começa a ficar mais flácida por conta do envelhecimento natural. Ela também pode aparecer devido ao acúmulo de gordura na região submentoniana.

pescoço

Papadas e rugas no pescoço começam a surgir após os 30 anos, mas podem ser amenizadas

O outono é a época ideal para tratar a flacidez da pele, principalmente em áreas como o pescoço, explica fisioterapeuta e dermato funcional da Ibramed, Aline Stringhetta. “No outono, a pele não está tão desidratada, como no inverno, nem tão oleosa por conta do calor excessivo do verão. O clima permite melhores resultados nos tratamentos e ainda reduz os riscos de manchas ou efeitos indesejáveis por conta da exposição aos raios solares”, afirma a Dra. Aline.

De acordo com a especialista, já existem no mercado diferentes maneiras de eliminar a tão temível papada. Para quem foge dos procedimentos cirúrgicos, principalmente em uma área tão sensível como o pescoço, tratamentos que utilizam radiofrequência e carboxiterapia estão entre os mais indicados, pois melhoram a flacidez da pele e reduz a gordura nessa região.

papada

“A radiofrequência consiste numa energia eletromagnética que promove um intenso  calor no local (entre 40 e 42°C), gerando contração do colágeno existente e promovendo  a formação de um novo colágeno, de melhor qualidade. O equipamento de  radiofrequência Hooke, por exemplo, gera ondas de calor que promove a renovação  celular, deixando a pele mais firme e lisa. A aplicação é rápida, indolor e os resultados já  aparecem nas primeiras sessões”, afirma.

Compartilhe.

About Author

Deixe um Comentário